segunda-feira, 22 de agosto de 2011

JESUS CRISTO PREGOU PROSPERIDADE...???


JESUS CRISTO PREGOU PROSPERIDADE...???

SENDO DEUS  SE  FEZ  POBRE...


Durante Sua vida, por viver de uma forma pobre e humilde, o Senhor usou coisas emprestadas (Lc 19:29-35; 22:8-13, etc).Por ocasião da Sua morte, seu corpo foi posto em lençóis e sepulcro emprestados (Jo 19:40-42). (Convém enfatizar que, embora tenha emprestado, o Senhor nunca ficou devendo nada a ninguém.)Ele entrou neste mundo num ventre emprestado e saiu dele num sepulcro emprestado. Ambos nunca haviam sido usados. Nenhum dos dois, porém, puderam detê-Lo.Muitos entram neste mundo extremamente pobres, mas saem dele extremamente ricos. Todos nós entramos espiritualmente pobres, mas sairemos dele espiritualmente ricos (Mt 6:19, 20)?  
[Image][Image]    
O entusiasmo do escriba logo foi freado pela franca resposta do Senhor: “o Filho do Homem não tem onde reclinar Sua cabeça” (Lc 9:57, 58). As raposas tinham onde morar (seus covis); as aves do céu tinham casa (seu ninho); mas Ele, que criara tanto as raposas quanto as aves dos céus, não tinha propriedades aqui neste mundo.No começo do Se ministério, os discípulos puderam descobrir “onde moras” (Jo 1:38, 39), mas não demorou muito até que Ele estivesse vivendo sem moradia certa: pousando na casa de um (Lc 19: 5), hospedando-se em casa de outros (Jo 12:1), sendo servido pelas mulheres (Mc 15:40, 41).O exemplo do Senhor nos ensina sobre a importância desta verdade: “os que compram”, devem agir “como se não possuíssem”; “e os que usam deste mundo, como se dele não abusassem, porque a aparência deste mundo passa” (I Co 7:30, 31).  
[Image][Image]   
O Senhor Jesus nasceu em Belém de Judá; quando ainda bebê foi levado para o Egito; ainda criança foi levado para a cidade de Nazaré, onde cresceu e com a qual foi identificado (Lc 2:1, 13, 23). Nazaré não era uma cidade admirada e de expressão nacional. Muito pelo contrário, era desprezada (Jo 1:46).Impressiona pensar que Aquele que é “mais sublime do que os céus” (Hb 7:26) tenha escolhido uma cidade tão humilde para Se identificar.Esta Sua humildade, porém, nos ensina que a grandeza de uma pessoa não deve ser medida pelo tamanho geográfico e econômico da sua cidade. Além disso, aprendemos que Deus escolhe as coisas simples e desprezíveis deste mundo para confundir as grandes e gloriosas (I Co 1:27, 28).O importante não é a cidade onde você está morando. O importante é quem você tem sido para Deus na cidade onde está morando.

Nenhum comentário:

Postar um comentário

deixa seu comentário...Obrigado...