terça-feira, 12 de julho de 2011

O"objetivo" da obra de JESUS...?

O objetivo da obra de Cristo foi salvar o homem?
O sacrifício de Cristo teve como primeiro objetivo a glória de Deus, ou seja, tirar o pecado do mundo. O pecado tinha arruinado a Criação e isso precisava ser resolvido primeiramente para a glória de Deus. Porém, ao mesmo tempo em que Cristo resolveu a questão do pecado e da glória de Deus, Ele também fez provisão para a salvação dos homens ao morrer por TODOS ao levar sobre Si os pecados de MUITOS, aqueles que nEle creem.


Joã_21:19 E disse isto, significando com que morte havia ele de glorificar a Deus.

Joã_1:29 No dia seguinte João viu a Jesus, que vinha para ele, e disse: Eis o Cordeiro de Deus, que tira o pecado do mundo.

É importante lembrar que mesmo que ninguém viesse a crer e ser salvo, mesmo assim a obra de Cristo teria sido bem sucedida no sentido de tirar o pecado do mundo e glorificar a Deus. Foi para isso que o Cordeiro veio em primeiro lugar. A provisão foi de salvação para TODOS, mas "apenas" MUITOS serão salvos. Cristo morreu por TODOS, mas levou sobre Si os pecados de MUITOS.

"TODOS" - este é o tamanho da provisão de Deus e do poder de salvar que teve a obra de Cristo na cruz:

2Co_5:14-15 Porque o amor de Cristo nos constrange, julgando nós assim: que, se um morreu por TODOS, logo todos morreram. E ele morreu por TODOS, para que os que vivem não vivam mais para si, mas para aquele que por eles morreu e ressuscitou.

"MUITOS" - indica que, apesar do sacrifício ser suficiente para todos, nem todos irão querer ser salvos:

Isa_53:12 Por isso lhe darei a parte de muitos, e com os poderosos repartirá ele o despojo; porquanto derramou a sua alma na morte, e foi contado com os transgressores; mas ele levou sobre si o pecado de MUITOS, e intercedeu pelos transgressores.

Heb_9:28 Assim também Cristo, oferecendo-se uma vez para tirar os pecados de MUITOS, aparecerá segunda vez, sem pecado, aos que o esperam para salvação.

No final Deus será glorificado em todos os aspectos e haverá diferentes classes de salvos: os santos do Antigo Testamento (que creram no Cordeiro que Deus iria prover), os santos da Igreja (gentios e judeus convertidos que creram no Cordeiro que Deus proveu), os judeus que se converterão durante a grande tribulação, que morrerem ou permanecerem vivos, e também multidões de crianças e fetos que morreram antes da idade da responsabilidade para crer.

FONTE:WWW.RESPONDI.COM.BR

Nenhum comentário:

Postar um comentário

deixa seu comentário...Obrigado...