sexta-feira, 16 de julho de 2010

Qual o fundamento da sua fé?



O Senhor Jesus foi bastante categórico quando afirmou que “nem todo aquele que me diz: Senhor, Senhor, entrará no reino dos céus. Jesus, estava dizendo que muitas pessoas seriam aos olhos humanos verdadeiros exemplos a serem imitados. Imitados pelos seus resultados, que na verdade são bons. Alguns desses que não herdarão o reino vão dizer a Jesus: �Mas em teu nome expulsamos demônios, curamos os enfermos e operamos grandes maravilhas�. Mas mesmo com todos esses argumentos, Jesus será sincero em dizer que não conhece esses “super-heróis” da fé.

Ora, por que Jesus não salvaria alguém que tanto fez em nome Dele? Porque, faziam coisas para Deus, mas não O amavam, e nem tinham Jesus como o Único fundamento de suas vidas!

Logo após Jesus falar sobre isso ele diz:

Mateus 7:24, �Todo aquele, pois, que escuta estas minhas palavras, e as pratica, assemelhá-lo-ei ao homem prudente, que edificou a sua casa sobre a rocha.�

O que determina se a pessoa é realmente de Deus ou não, não é o que ela recebe de Deus. Tão pouco o que ela dá a Deus, mas o que ela faz com a palavra que ela ouve da parte de Deus. A pessoa pode guardar a palavra ou desprezá-la. Mas quando desprezamos a palavra do Senhor, estamos desprezando o próprio Jesus porque o apóstolo Pedro diz em sua carta:

1Pedro 2:6, �Por isso também na Escritura se contém: Eis que ponho em Sião a pedra principal da esquina, eleita e preciosa; E quem nela crer não será confundido.�

Ora, a Pedra principal é Jesus, (diga-se de passagem que a Igreja Católica Apostólica Romana afirma que Pedro é a Pedra), mas o próprio Pedro diz que Jesus é a rocha verdadeira, e que se alguém cresse nEle não seria confundido. Isso quer dizer que tudo o que vemos, falamos, pensamos, pode nos trazer dúvidas, mas as palavras de Jesus essas não trazem confusão, contenda e divisão, pois as palavra de Jesus nos une. Mas muitos fazem parte dos que ouvem, mas rejeitam a palavra. Nem todos que ouvem, serão salvos.

Atos 4:11, �Ele é a pedra que foi rejeitada por vós, os edificadores, a qual foi posta por cabeça de esquina.�

Perceba que o fato dEle ter sido rejeitado por muitos não impediu que fosse posto como a pedra principal. Bom, Jesus é a pedra principal. Temos que estar firmados nessa rocha que muitos desprezam pelas suas tradições, colocando essa religiosidade em grau mais importante em suas vidas.

Mateus 7:24-27, �Todo aquele, pois, que escuta estas minhas palavras, e as pratica, assemelhá-lo-ei ao homem prudente, que edificou a sua casa sobre a rocha; E desceu a chuva, e correram rios, e assopraram ventos, e combateram aquela casa, e não caiu, porque estava edificada sobre a rocha. E aquele que ouve estas minhas palavras, e não as cumpre, compará-lo-ei ao homem insensato, que edificou a sua casa sobre a areia; E desceu a chuva, e correram rios, e assopraram ventos, e combateram aquela casa, e caiu, e foi grande a sua queda.�

Creio que poderíamos parar o estudo por aqui, mas leve em consideração essa premissa. Temos que escutar as palavras de Jesus, e nos esforçar para vivê-las. Por que o ensinamento do apóstolo Paulo nos diz que um mesmo fundamento é o que todos temos, porém o que Deus vai provar não é o fundamento de cada um, porque fundamento só tem um e se chama Jesus.

Embora existam em nossos dias os mais diversos fundamentos, a saber, santos, pulseiras milagrosas, lenços, rosas ungidas, galhos de arruda, enfim, em nossos dias as pessoas têm por fundamento as mais diversas e criativas espécies de objetos, divindades e entidades. Mas Deus só deu um fundamento sobre o qual devemos estar firmados e, como já disse, é Jesus!

Dito que o fundamento é o mesmo, porque existem pessoas “mais” abençoadas que outras? O apóstolo Paulo explica.

I Coríntios 3:10-14, �Segundo a graça de Deus que me foi dada, pus eu, como sábio arquiteto, o fundamento, e outro edifica sobre ele; mas veja cada um como edifica sobre ele. Porque ninguém pode pôr outro fundamento além do que já está posto, o qual é Jesus Cristo. E, se alguém sobre este fundamento formar um edifício de ouro, prata, pedras preciosas, madeira, feno, palha. A obra de cada um se manifestará; na verdade o dia a declarará, porque pelo fogo será descoberta; e o fogo provará qual seja a obra de cada um. Se a obra que alguém edificou nessa parte permanecer, esse receberá galardão.�

O que faz uma pessoa ser mais abençoada que outra é em primeiro lugar o FUNDAMENTO da obra que Deus iniciou na vida dela. O fundamento é Jesus? Muito bem, agora resta saber o que você tem construído por cima deste fundamento que está firmado na rocha. Ora, do que adianta estar firmado na rocha, mas construir uma casa de palha, feno ou ainda madeira visto que fácil se consome com o fogo?

Então não basta estar no FUNDAMENTO certo, tem que construir algo de “ouro, prata e pedras preciosas”, que certamente resistem ao fogo das provações. Qual o fundamento da sua fé? Carro 0Km? Casa? Dinheiro? Cura? Milagres? Tudo isso um dia cessará, a única coisa que é eterna é a Palavra de Deus. Jesus é a palavra! Ele é o fundamento! É tempo de todos nós nos desligarmos do temporal, e nos ligarmos ao Eterno. O fundamento tem que ser Eterno. Qual é o seu?














Nenhum comentário:

Postar um comentário

deixa seu comentário...Obrigado...